MANCHA MONGÓLICA


O QUE É MANCHA MONGÓLICA?

Mancha mongólica é uma condição benigna e congênita, presente desde o nascimento do bebê, elas são arroxeadas e/ou azul acinzentadas que geralmente surgem na região das nádegas e costas de forma irregular, de textura como a da pele, com menos frequência podem aparecer nas coxas e ombros.

Por aqui, ainda na maternidade, o pediatra nos deu a notícia que nosso bebê tinha essas manchas, e confesso, fiquei bem preocupada, mas depois de pesquisar e questionar mais de cinco pediatras diferentes, todos me tranquilizaram que elas não possuem um significado clínico maior, não tem relação com Sindrome de Down, câncer ou com hematomas e que sumiriam até o segundo ou terceiro ano de vida, podendo se estender até a adolescência, embora, seja raro em crianças de idade escolar.
Elas são bastante frequente em recém-nascidos de origem asiática, onde, ocorre em mais de 90% dos recém-nascidos, na população de raça negra cerca de 80% e nos brancos europeus ou caucasianos cerca de 10%.
No Brasil devido a grande miscigenação, ocorre cerca de 40% à 80% dependendo da região. Na América Latina estima se cerca de 45% dos recém-nascidos.
Para sair um pouco da estatística, nosso bebê teve manchas nas nádegas, costas até a nuca, ombro e na região da mãozinha, e nos pézinhos, ele agora com dois anos, elas ainda não sumiram totalmente, mas aos pouquinhos tenho percebido que estão clareando.
Não há tratamento recomendado, elas tem regressão espontânea com o tempo.

No entanto, é muito importante que um médico seja consultado, para que o correto diagnóstico seja estabelecido e transtornos futuros evitados, a grande maioria das doenças podem ser tratadas quando precocemente detectadas.
Gostou do texto? me segue também no instagram e aqui no blog.
Beijos,
Mi Lanza